Páginas

terça-feira, 16 de março de 2010

good vibration

A pior coisa é conviver com pessoas que só reclamar da vida, que são extremamente pessimistas e não vêem o lado bom de tudo, apenas vêem o lado ruim e a primeira coisa que procuram são os defeitos de TUDO!
Esse tipo de pessoa nos desistimula a ser feliz, a pensar coisas boa, a passar "boas vibrações" a sentir paz em tudo, muito pelo contrário quando você menos percebe já está pessimista.
"Portadores de boas notícias" esse tinha que ser o lema das pessoas. Até a xuxa em uma música dela diz: "De hoje em diante, só quero boas notícias, me mandem boas notícias..." palavras sábias da rainha dos baixinhos haha. Concerteza não a nada melhor do que ouvir coisas boas, de ser estimulado a continuar a prosseguir, a realizar certas atividades, estímulos para viver, viver melhor, com alegria, em paz de espírito, sem dúvida isso é peça fundamental para a vida de qualquer um.
Os otimista são criticados pelos pessimistas, segundo eles, os otimistas são sonhadores, vivem em um mundo inexistente, é loucura ver só as coisas boas, tem que ser realista.
Isso é discurso de quem está desistimulado a viver, não sonha mais, é frustrado, traumatizado, ranzinza e chato!

Não a nada melhor do que SONHAR! Sair da realidade por alguns instantes e ver que tudo pode ser "além do que se vê" - como já dizia Marcelo Camelo.
Além do que se vê, eu gosto muito disso, faz nos sair do senso comum, da mesmice, ir além, ver o que para muitos é impossível, é abstrato dimais, isso é VIVER!

Nem sempre tudo estará um mar de rosas, isso é fato, mas especialmente nessas horas temos que lembrar dos momentos bons, do escape que temos que é a confiança que tempos melhores estão por vir e que "todas as coisas cooperam para aqueles que amam a Deus" segunda a bíblia (sim, eu me apoio nela pra tudo).
De tudo podemos tirar algo BOM, aprender a não repetir certas coisas, a evitar certas atitudes.
No livro "A dialética do esclarecimento - Adorno e Horkeimer tem uma parte que diz assim:
- A ânsia de salvar o passado como algo vivo, em vez de utilizá-lo como material para progresso...
Claro que no contexto do livro, o autor se refere a outro tipo de assunto (A indústria cultural, massa e etc), mas podemos encaixar isso no nosso contexto e no tema que eu estou abordando aqui.

Vamos salvar o passado e utilizá-lo como material de progresso, pegar os pontos chaves e fazer um X aonde não queremos mais falhar, isso é uma boa saída.

Boas notícias, good vibrations, bons fluídos, paz de espírito, como preferir, apenas tenho umas coisinhas a dizer:
- Seja positivo, mesmo quando tudo diz que não, mesmo quando a situação é desfavorável a você, não fique se lamentando porque não foi assim ou assado, com o tempo as coisas vão se encaixando, tudo fica em seu devido lugar, o importante é VIVER e permitir-se aprender a viver MELHOR. Filtre as coisas boas de tudo e todos, concerteza as pessoas que estão ao seu redor tem pelo menos UMA coisa boa pra lhe passar.

Um comentário:

jessicafaglioni disse...

FATO!
tudooo o que vc escreveu, parece que vc esteve comigo nos ultimos dias e lendo meus pensamentos!
impregna essa coisa ruim... deixa pra lá! aiuahiauhaiuh
Massa Cá, nunca deixe de SONHAR, por incrivel que pareça, é o que mantem os seus pés no chão!
;*