Páginas

terça-feira, 30 de março de 2010

Ela não pára

Ela não pára, ela continua, muitas vezes somos nós que insistimos em parar e nos esquecemos que ela, a vida, simplismente continua e se pararmos perdemos algumas coisas.
Hoje voltando do centro, encontrei duas pessoas que a um tempo atrás eu tinha muito contato, faziam parte do meu cotidiano, do círculo de amizade e tudo mais.
Quando os vi senti algo bom e diferente. Bom porque estava com muitas saudades e ruim porque me distanciei dessas pessoas.
Não me arrependo de ter tomado certas decisões a um tempo atrás, pelo fato que essas decisões não foram tomadas "na loucura", por impulso, mas na realidade teve todo um direcionamente e por isso sinto paz.

Você já se viu em uma situação que parece que deram pause e nada melhora, nada caminha, NADA muda, tudo ficou como tá, se vê sem saída, sem solução e tem decisões sérias a tomar? Calma, isso é normal, TODO mundo passa por isso na vida e não é uma vez não, é sempre, por diversos motivos e vários "graus" de dificuldades.
São nessas horas, que temos que pensar em apertar o play, sair do pause, senão nunca a situação irá mudar, ou melhor vai demorar beeeem mais do que deveria demorar.
Às vezes, apertar o play dói muito e sempre achamos que ninguém sabe, ninguém nunca passou pelo que passamos.
Hoje minha cunhada disse algo que me fez pensar em mil coisas: - Quando não perdoamos uma pessoa, dormimos com ela todos os dias.
Adaptando essa frase ao contexto do que estou escrevendo, ficaria: - Quando demoramos para apertar o play, dormimos com um peso nas costas todos os dias.

Não tem nada pior do que deita-se e começar a pensar em N situações, problemas, pessoas, sentimentos, tem vezes que até o estômago começa a revirar-se.
Ela não pára para que nós possamos resolver todos os nossos problemas ou pelo menos quase
todos.

Quando pulamos etapas em nossas vidas, é como se a mesma ficasse deficiente, com uma grande falha. Querendo ou não mais pra frente CONCERTEZA iremos nos deparar com uma situação igual ou com poucas diferenças, mas o contexto é o mesmo.
Caso isso aconteça, mais uma vez não saberemos como agir ou sofreremos por algo que poderia ser superado com facilidade.
Pular etapas, nos trasforma em pessoas mimadas e com um EU do tamanho do "mundo".
Já dizia a musica do Capitial Inicial: "Nem tudo é como você quer, nem tudo pode ser perfeito."
Essa frase tem voz própria, é a tal da verdade absoluta.

O medo de decidir algo, faz com que esse algo acontece da pior forma. A demora para decidir-se, faz com que acumulemos situações "chatas".

Ela não pára, ela continua e se você parar perderá momentos bons, aprendizados e pessoas que poderiam acrescentar algo a sua vida.

3 comentários:

Bruno Alberti disse...

Ela não para, quem a 'para' somos nós! :D

massa a reflexao caah !

PAZ ;*

_~*May_Mantovani*~_ disse...

nossaaa.. PERFEITOOOOOO Cahhh

# . lorenááá . disse...

Pessoaa abençoada demaais! menina,tu escreve muito beem! :)
Adooorei! ;**